Receitas

Reserva Friboi Arrase no churrasco de Dia dos Pais

Carnes

Reserva Friboi Arrase no churrasco de Dia dos Pais

Dia dos Pais também é dia de reunir a família e curtir o dia livre com bons momentos e um almoço especial. Uma das reuniões mais tradicionais nessas ocasiões é o churrasco.

Um bom churrasco não tem receita: cada um faz do seu jeito, com suas carnes e acompanhamentos preferidos, utilizando os acessórios que acha necessário e ao som do ritmo musical que mais gosta.

Mas, apesar dessa variedade para preparar carnes assadas na brasa, existem algumas dicas de ouro para deixar o seu churrasco ainda melhor!

PICANHA

Para a picanha, quanto mais simples a receita, mais sabor e originalidade. Faça pequenos cortes superficiais na peça para que o sal grosso possa penetrar facilmente. Você pode temperar apenas com sal grosso ou acrescentar pimenta do reino. Espalhe o tempero nos dois lados da carne com auxílio das mãos. Você também pode escolher linguiças temperadas e caseiras, encontradas em mercados próximos a sua casa, para deixar de aperitivo nas mesas dos convidados. Se desejar inovar em outras carnes como maminha e fraldinha, utilize ervas finas. O manjericão é indicado para carnes brancas, o alecrim para carnes de cordeiro e o tomilho para as carnes vermelhas. Retire os cabinhos das ervas e use somente as folhinhas amassadas em azeite de oliva.

DICAS:

  1. Para assar sem desidratar e ressecar, a carne deve ser selada, ou seja, deve ser ter toda a sua superfície tostada rapidamente para que os sucos permaneçam nela. Desta forma, assim que colocá-la para assar, vá virando a peça na churrasqueira até completar esse primeiro passo.
  2. Comece a grelhar a carne na parte da churrasqueira onde houver chamas maiores, tostando de todos os lados para selar. Depois, na parte do braseiro menos intenso, asse a peça até chegar ao ponto desejado.
  3. A gordura, principalmente no caso da picanha, deve ficar virada para cima. Só no final, quando a carne estiver assada como desejado, é que a gordura deve ser virada para baixo para derreter.
  4. Para descobrir o ponto da carne sem cortá-la, pressione-a com as costas de um garfo. Regra geral: quanto mais macia a carne estiver, menos passada; quanto mais firme, mais passada.
  5. As carnes em postas exigem supervisão durante todo tempo que estiverem sendo assadas. Se o churrasqueiro descuidar, a carne passa do ponto.
  6. Verifique as brasas e acrescente mais carvão quando notar que elas estão ficando acinzentadas e apagando. Tome cuidado também para que não pingue gordura na brasa. Isso causa uma labareda que pode queimar as carnes que estiverem assando.
  7. Para apagar o fogo de vez, use as cinzas do churrasco anterior. Jogue-as em cima das brasas e aguarde até que o fogo acabe. Por isso, lembre-se sempre de reservar as cinzas do último churrasco para apagar o próximo.
  8. Para reavivar a chama, basta mexer nas brasas com um pedaço de pau para que as cinzas sejam batidas e caiam e, assim, a brasa fique mais forte.
  9. Carnes marinadas devem ser regadas com o molho do tempero durante o preparo. Caso você prefira temperar suas carnes com sal grosso, retire o excesso de tempero batendo na carne com uma faca antes de colocá-la na grelha.
  10. Não salgue carnes com antecedência. O sal concentrado na peça por muito tempo torna a carne mais seca.

SALADA PARA O CHURRASCO

Como entrada, prepare um Buffet de Saladas bem variado e não apenas com alface e tomate.
Você pode usar acelga, tomate cereja, cenoura, beterraba, rúcula, agrião, croutons, queijo branco em cubos e manga gelada em fatias finas.
Para que os convidados fiquem à vontade, deixe os alimentos separados em vários recipientes.
Assim, cada pessoa monta a salada da forma que preferir.
Para os molhos, você pode deixar à disposição azeite de oliva, vinagre de arroz, mel, mostarda, vinagre balsâmico, sal e folhas de hortelã.