Dicas Caseiras

Gramado, RS: o que comer, o que fazer?

Viagens e Turismo

Gramado, RS: o que comer, o que fazer?

Arquitetura charmosa, boa culinária e belas paisagens - assim é a Serra Gaúcha. A cidade de Gramado, que possui boa estrutura de hotéis, pousadas e restaurantes, além de opções de passeio que atendem a casais e famílias.

Gramado parece uma cidade cenográfica. Seja pelo clima frio e ambiente em estilo europeu, ou pela gastronomia farta, famosa pelos cafés coloniais, vinhos e chocolates, a região atrai multidões todos os anos. Também no inverno, Gramado sedia o Festival de Cinema, evento que traz ainda mais "glamour" ao município de 34 mil habitantes.

Confira algumas de suas principais atrações, programe-se e divirta-se:

DIA 1

Gramado fica a cerca de 120 km de Porto Alegre. O município tem 11,4 mil leitos em hotéis e pousadas, de acordo com o Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares e Similares da Região das Hortênsias. Canela, cidade vizinha, que fica a apenas 10 km de distância, possui cerca de 8 mil vagas em estabelecimentos, e é uma alternativa para hospedagem.

Para começar o passeio, a sugestão é apostar no city tour em ônibus panorâmico. Do veículo, o visitante percorre os pontos turísticos tradicionais: a Igreja Matriz São Pedro, a Igreja do Relógio, situada no alto de um morro de onde se observa uma das mais belas vistas de Gramado e a Rua Coberta, famosa pelas cafeterias e bistrôs para brunch, chá da tarde ou happy hour com os amigos, além de restaurantes, lojas de chocolates e souvenires. É parada obrigatória para degustar uma boa refeição.

Logo em frente está o Palácio dos Festivais, que sedia o Festival de Cinema de Gramado, um dos mais concorridos do país, desde 1973.  Ali estão a sala de cinema e o imenso Kikito dourado, uma réplica do cobiçado prêmio, onde os artistas posam para fotos e dão autógrafos ao lado dos fãs, após passar pelo extenso tapete vermelho, sempre no mês de agosto.

Não muito longe dali, o turista encontra o Lago Negro, outro cartão-postal de Gramado. Por toda a margem das águas profundas de cor verde escuro existe um passeio florido, tomado de hortênsias, a flor mais popular da cidade. Mas a maior atração fica por conta dos pedalinhos, em formato de cisne ou caravela. Um belo cenário para registrar o passeio em fotos.

Outra opção é aproveitar o cenário do Lago Joaquina Rita Bier para uma caminhada ou piqueniques. Não se paga nada e a vista é deslumbrante. A área possui 17 mil metros quadrados, além de restaurantes com vista para as águas.

Também ao ar livre está o Parque das Lavandas, ou Le Jardin, inspirado nos grandes parques de lavanda, tão comuns em cidades da Europa e Estados Unidos. Abriga, além de um belíssimo jardim, uma loja temática, estufas de produção de flores e um pequeno café. A casa oferece aos visitantes o saboroso doce apfelstrudel, receita exclusiva com recheio tradicional francês e massa austríaca.

Lago Negro
Endereço: Rua A. J. Renner, em frente a Associação Cultural Gramado e a Alameda do Artesanato
Valor: De R$ 20 a R$ 30 (pedalinho para duas pessoas)
Horário de funcionamento: Diariamente, das 8h30 às 19h

Lago Joaquina Rita Bier
Endereço: Rua Leopoldo Rosenfeld, 818, próximo à Rótula das Bandeiras

Le Jardin – Parque de Lavandas
Endereço: ERS-115, 37700
Horário de funcionamento: De terça a domingo, das 9h30 às 17h30
Telefone: (54) 3286-4280

DIA 2

Além das paisagens naturais, estão entre as outras atrações de Gramado os museus. Muitos deles remetem ao clima "hollywodiano" da cidade.

O Dreamland exibe bonecos de cera de celebridades. É o primeiro espaço desse tipo a apresentar ícones da cultura pop na América do Sul. São mais de 90 personagens distribuídos em 20 cenários temáticos. Para os amantes de motocicletas, tem ainda o museu/pub temático da Harley Davidson, situado no subsolo.

Quem gosta de automóveis antigos não pode deixar de conhecer o Hollywood Dream Cars. No museu, são expostos modelos de carros e motos dos anos 20 aos anos 60, alguns deles verdadeiras raridades, como um Ford Victória 1956 conversível, o único exemplar existente no Brasil. Tem ainda o Cadillac conversível cor de rosa, tão conhecido pelas fotos com a musa Marilyn Monroe.

Aos que preferem fazer um test-drive, existe a opção com a Super Carros - Dream Cars. A empresa oferece passeios em carros superesportivos como Ferrari, Camaro e Lamborghini. Para pilotar, basta apenas ter uma habilitação normal de motorista, mesmo sendo provisória.

Dreamland, Museu de Cera de Gramado (e Harley Motor Show)
Endereço: Avenida das Hortênsias, 5507
Valor: R$ 70
Horário de funcionamento: Domingos a sextas-feiras das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 19h30.
Telefone: (54) 3286-5100

Hollywood Dream Cars
Endereço: Av. das Hortênsias, 4151
Valor: R$ 20
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 18h
Telefone: (54) 3286-4515

Super Carros
Endereço: Av. das Hortênsias, 4635
Valor: A visitação ao salão de carros custa entre R$ 17 a R$ 35. O test-drive varia conforme o modelo de veículo escolhido e a distância percorrida: pode custar entre R$ 190 a R$ 790.
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 19h
Telefone: (54) 3286-7945

DIA 3

Em Gramado, há também opções de passeios para envolver e divertir famílias, unindo crianças e adultos.

Entre os mais tradicionais está o Mini Mundo. Fundada em 1981, a atração reproduz a fantasia de uma cidade em miniatura, ao estilo do "Legoland", na Dinamarca. São réplicas de castelos, palácios, igrejas, trenzinhos e uma população com mais de 2,5 mil bonequinhos habitantes.

Outra atração imperdível é o Snowland, um imenso complexo de neve indoor que dispõe de mais de 30 atividades para todas as idades. Pistas de patinação, de esqui e de snowboard são os mais disputados entre o público.

Localizado às margens da rodovia ERS-235, o Snowland ocupa uma área de 8,1 mil metros quadrados inteiramente dedicada ao que o frio tem de mais divertido, com capacidade para abrigar até 3,5 mil visitantes.

Curiosidade: embora seja produzida artificialmente, a neve é real. Modernos equipamentos recriam as condições consideradas ideais para a formação do fenômeno, como pouca umidade e muito frio: dentro do parque, a temperatura oscila entre -2ºC e -2,5ºC. 

Mini Mundo
Endereço: Rua Horácio Cardoso, 291
Valor: De R$ 12 a R$ 24
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h15 às 17h
Telefone: (54) 3286-4055

Snowland
Endereço: ERS-235, 9009
Valor: Entre R$ 69 e R$ 89
Horário de funcionamento: Segundas a quintas-feiras das 9h às 18h, sextas, sábados e feriados das 9h às 20h, e domingos das 9h às 19h
Telefone: (54) 3295-6000

DIA 4

Na Serra Gaúcha, são diversas as opções gastronômicas. A cantina italiana domina, com opções requintadas de massas, galetos, sopas e fondues. Mas nem só de culinária refinada vive o município. A área rural de Gramado tem muito a oferecer aos visitantes, com produtos coloniais genuínos, frescos para agradar todos os paladares.

Dividida em seis opções de passeios, a proposta do Roteiros de Agroturismo é deixar de lado o zum zum zum dos carros e inserir-se na natureza. É um programa que dura o dia inteiro e percorre a zona rural da cidade, em busca do lado autêntico da colônia.

Em um veículo especial, a saída é sempre da Praça das Etnias, ao lado da Estação Rodoviária, onde está a Casa do Colono, ambiente lotado de produtos como queijos, geleias, massas caseiras, linguiças, vinhos, sucos e artesanato, entre outros.

Além de contemplar a natureza, o visitante celebra a cultura do homem do campo e saboreia suas delícias. Além de fomentar o setor turístico, o projeto do Roteiros de Agroturismo valoriza os pequenos produtores da cidade.

Roteiros de Agroturismo
Endereço: Saída em frente à Praça das Etnias, ao lado da Estação Rodoviária (Avenida Borges de Medeiros, 2100)
Valor: R$ 98 (há seis opções de trajetos, com preços que podem variar)
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 16h
Telefone: (54) 3286-1916

DIA 5

Para fechar, mais opções de passeios ao ar livre e dicas de gastronomia. Desta vez, o churrasco ganha espaço, além do chocolate.

Situado a cerca de 6 km do centro de Gramado, o temático Parque Gaúcho apresenta a origem e os detalhes da cultura do Rio Grande do Sul. A área tem espaço para lidas campeiras, resgate de raças crioulas, arena de shows, fogo de chão, galpão mirim, entre outras atrações. Um restaurante temático oferece um cardápio especial.

Logo ao lado está o zoológico de Gramado. É o único do país dedicado exclusivamente a animais da fauna brasileira, com muitas aves, macacos, onça, puma, ema, anta, pinguins, entre outros bichos.

Por fim, para adoçar o passeio, o Reino do Chocolate está de portas abertas. É o primeiro espaço temático de chocolate do Brasil, inaugurado em 2008. Ali, os visitantes entram em uma “máquina do tempo” que conta toda a história e origem do famoso doce, desde o cultivo do cacau pelos astecas. Uma delícia de passeio.

Parque Gaúcho
Valor: Entre R$ 30 e R$ 48
Endereço: ERS-115, km 35 (distrito de Várzea Grande)
Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h às 17h
Telefone: (54) 3421-0800

Gramado Zoo
Valor: Entre R$ 30 e R$ 48
Endereço: ERS-115, km 35 (distrito de Várzea Grande)
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 17h
Telefone: (54) 3421-0800

O Reino do Chocolate
Valor: R$ 10
Endereço: Avenida das Hortênsias, 5382
Horário de funcionamento: Domingos à sextas-feiras, das 8h30 às 18h30, sábados e feriados, das 8h30 às 19h30.
Telefone: (54) 3286-3588

DICAS:

Gramado é uma cidade pequena, mas apesar de as atrações serem perto umas das outras, é importante alugar um carro ou recorrer ao táxi por vezes para cumprir o tour. Andar a pé funciona para quem quer apreciar o charme e a beleza do cenário.

Aliás, taxistas são bons informantes. Além disso, há um posto da Secretaria de Turismo de Gramado (na Av. das Hortênsias, 2029), onde é possível tirar todas as dúvidas e buscar folders com dicas para curtir a cidade. Planeje seu roteiro, mas deixe-se surpreender no passeio. Novas atrações podem surgir no caminho.

Não esqueça o casaco. O cair da noite pode ser bem gelado. Leve também na bagagem o secador de cabelos, já que nem todo o hotel tem o aparelho disponível. Não dá pra sair na rua com os cabelos molhados, já dizia a vovó.

Não vá embora sem experimentar: sequência de fondue, vinhos e café colonial.