Dicas Caseiras

Visite a Ilha do Tamanduá – Caraguatatuba/SP

Viagens e Turismo

Visite a Ilha do Tamanduá – Caraguatatuba/SP

Considerada a maior ilha do município de Caraguatatuba, a Ilha do Tamanduá oferece muitas opções de pesqueiros e duas praias para o lazer da família e amigos.

O acesso é feito por barco, saindo das praias de Tabatinga, Cocanha, Mococa e Massaguaçu, no entanto, por estar muito próximo ao continente, é muito comum o acesso à ilha por meio de caiaque a remo, caiaque a pedal, stand-up paddle (SUP), jet-ski (moto aquática), windsurf, entre outros tipos de embarcações.

A Ilha do Tamanduá é repleta de belezas naturais e proporciona um ambiente ideal para a prática de pesca esportiva e pesca submarina.

Para a modalidade de pescasub a ilha possui locais mais rasos (4 metros de profundidade), nos quais geralmente a visibilidade é boa, sendo ideal para iniciantes no esporte, mas também possui parcéis maiores e mais fundos, chegando até 12 metros de profundidade e oferecendo grande variedade e bons tamanhos de peixe.

A parte mais rasa da Ilha do Tamanduá (lado voltado para o continente) também oferece boas condições para a prática de snorkelling, pois seus parcéis e rochas submersas reúnem grande variedade de fauna marinha e completam o ambiente, perfeito para o mergulho livre!

Praia Sul da Ilha do Tamanduá:

Na praia à oeste da Ilha do Tamanduá há um pequeno restaurante, mas não funciona de maneira regular e oferece poucas opções de pratos, portanto definitivamente não é o ponto forte do local.

A praia mais bonita fica situada ao sul da ilha, é pequena, mas bastante acolhedora, no local há um chuveiro de água doce e muita sombra para descanso e até mesmo um churrasquinho.

No entanto o visitante deve se preparar, pois não há infraestrutura no local e é importante levar sacos plásticos para carregar de volta todo lixo produzido durante o passeio.

Pesca na Ilha do Tamanduá:

Como já citado, a Ilha do Tamanduá oferece boas condições para a prática de pesca de caiaque, pois fica a pouco mais de 2km saindo da praia da Tabatinga ou Mococa, essas duas praias são relativamente abrigadas e geralmente o mar é calmo, perfeito para a saída com o caiaque.

É sempre bom levar plugs com barbela para corrico no trajeto entre a praia a Ilha do Tamanduá, pois não é raro o ataque de sororocas, xareletes, galos, entre outras espécies.

Há diversos pontos de pesca na ilha, mas dois em especial são bastante produtivos:

Parcel sul da Ilha do Tamanduá:

Este parcel fica localizado ao sul da ilha, cerca de 600m afastado da praia, na maré baixa é possível localizá-lo por meio da ondulação sobre sua parte mais rasa, que chega a ficar visível em alguns momentos.

Com profundidades que variam de 14-12 metros até 6-4 metros, o local é habitat de diversas especies de peixes, em especial garoupa, sargo, robalo, paru, pirajica, entre outros.

É indicado o uso de jigs de 12g a 30g, camarão artificial ou mesmo isca morta (camarão, lula, etc), pois não é incomum a ação de belas corvinas no fundo, no entanto é preciso tomar um cuidado especial em relação a enroscos, considerando que o local é repleto de pedras e estruturas de fundo.

Parcel norte da Ilha do Tamanduá:

A parte mais rasa deste parcel é visível mesmo na maré alta, fica localizado ao norte da ilha, no trecho entre a ilha e o continente.

Todo local é repleto por estruturas de fundo e oferecem boas condições para pesca com jigs e camarões artificiais, mas é preciso ficar atento, pois na maré baixa as ondas que se foram por conta das estruturas podem virar facilmente o caiaque e levar perigo ao pescador.

Se você não conhece o local adote uma postura conservadora e observe atentamente os sinais ao redor para evitar acidentes e/ou perda de tralha de pesca.